As faces da justiça - Análise de teorias contemporâneas de justiça

59% OFF
R$59,00 R$24,00

 

SINOPSE DO LIVRO:

O que é justiça? Existe uma única justiça ou existem várias? O presente livro se propõe a examinar com profundidade questões relacionadas às teorias de Justiça, sob a perspectiva de filósofos consagrados tais como Hans Kelsen, John Rawls, Robert Nozik, Michael Walzer, Ronald Dworkin, Jacques Derrida, Jürgen Habermas e Amartya Sen. O objetivo do livro é provocar uma reflexão sobre Justiça como um conceito, ao lado de instigar a curiosidade de estudiosos em conhecer o legado deixado pelos autores visitados. Nesse sentido, seja como objetivo do Direito, seja como valor, a Justiça aqui aparece a princípio e sobretudo como conceito aberto, que se aproxima da ideia de felicidade em Platão traduzido por Hans Kelsen, até atingir o postulado da equidade em John Rawls. Mais do que isso, esta obra trata de teorias políticas e leituras morais construídas em defesa do liberalismo ou do comunitarismo, mas sempre com pauta na Filosofia. Aí reside o ponto de convergência e identidade que se pode extrair da contribuição dos autores estudados e dos autores estudantes, afinal, só na Filosofia se pode buscar e encontrar o sentido de Justiça.
 

APRESENTAÇÃO:

ISBN: 978-85-66025-12-5
Páginas: 200
Formato: 16x23cm
Capa em brochura
Ano da edição: 2013
 

SOBRE AS COORDENADORAS:

Carla Patrícia Frade Nogueira Lopes - Mestra e Doutoranda em Direito das Relações Internacionais pelo Uniceub – Brasília/DF. Professora da Escola da Magistratura/DF e do Instituto Avançado de Direito – IAD/DF. Juíza de Direito do TJDFT.
 
Marília de Ávila e Silva Sampaio - Doutoranda em Direito e Políticas Públicas no Centro Universitário de Brasília – UNICEUB. Mestra em Direito pela Universidade de Brasília – UNB. Especialista em Direito Privado e Direito Administrativo pela Universidade Católica de Brasília – UCB. Especialista e Direito Constitucional pela CESAPE – UNICEUB. Especialista em Ministério Público e Ordem Jurídica pela Escola do MPDFT. Professora da Escola da Magistratura do Distrito Federal e do Instituto Avançado de Direito – IAD. Juíza de Direito do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios - TJDFT.
 

SUMÁRIO:

APRESENTAÇÃO 
PREFÁCIO 
A JUSTIÇA PLATÔNICA A PARTIR DE KELSEN PERANTE O “TRIBUNAL DA CIÊNCIA” 
Aléssia Barroso Lima Brito Campos Chevitarese
INTRODUÇÃO 
1. A JUSTIÇA PLATÔNICA: UMA ILUSÃO? 
1.1 O absoluto, o relativo e o metaxy na filosofia platônica 
2. DIÁLOGOS SOBRE A JUSTIÇA 
2.1 A justiça como retribuição 
2.2 A doutrina platônica das almas: o julgamento a partir da retribuição 
2.3 A doutrina das ideias: o conhecimento da justiça 
2.4 A essência da justiça : ‘a mística’ platônica e a racionalidade dialética 
CONCLUSÃO 
REFERÊNCIAS 
 
JUSTIÇA COMO EQUIDADE: A CONTRIBUIÇÃO DE RAWLS 
Carla Patrícia Frade Nogueira Lopes
1. PRIMEIRAS EXPLICAÇÕES 
2. TEORIA 
3. INSTITUIÇÕES 
4. FINS 
REFERÊNCIAS 
 
JUSTIÇA DISTRIBUTIVA, PLURALISMO E IGUALDADE COMPLEXA: AS ESFERAS DA JUSTIÇA DE MICHAEL
WALZER 
Marília de Ávila e Silva Sampaio
INTRODUÇÃO
1. AS ESFERAS DA JUSTIÇA: ASPECTOS GERAIS 
2. PREDOMÍNIO E MONOPÓLIO DOS BENS SOCIAIS 
3. A IGUALDADE COMPLEXA 
4. AFILIAÇÃO 
5. SEGURANÇA E BEM-ESTAR SOCIAL 
6. DINHEIRO E MERCADORIAS 
7. CARGOS PÚBLICOS 
8. TRABALHO ÁRDUO 
9. LAZER 
10. EDUCAÇÃO 
11. PARENTESCO E AMOR 
12. GRAÇA DIVINA 
13. RECONHECIMENTO 
14. PODER POLÍTICO 
15. TIRANIA E SOCIEDADES JUSTAS 
REFERÊNCIAS 
 
A JUSTIÇA DO ESTADO MÍNIMO EM NOZICK 
Carla Patrícia Frade Nogueira Lopes
Marília de Ávila e Silva Sampaio
REFERÊNCIAS 
 
A DEFINIÇÃO DA JUSTIÇA SOB A PERSPECTIVA DA TEORIA DA INTEGRIDADE DE RONALD DWORKIN 
Teresinha Inês Teles Pires
INTRODUÇÃO 
1. JUSTIÇA: UMA QUESTÃO DE VALORAÇÃO MORAL E
POLÍTICA 
2. JUSTIÇA E LEGALIDADE: CONDIÇÕES DE VERDADE E
OBJETIVIDADE DAS PROPOSIÇÕES NORMATIVAS 
3. LIBERDADE, IGUALDADE E EQUIDADE NA TEORIA DA
JUSTIÇA DE DWORKIN 
4. JUSTIÇA E DEMOCRACIA: UMA CRÍTICA AO CRITÉRIO
MAJORITÁRIO 
5. O CONCEITO DE DIREITO COMO INTEGRIDADE DE
PRINCÍPIOS: UMA PROPOSTA HERMENÊUTICOINTERPRETATIVA
CONCLUSÃO 
REFERÊNCIAS
 
DO EGOÍSMO RACIONAL AO ESFORÇO COOPERATIVO: A JUSTIÇA EM JÜRGEN HABERMAS
Juliano Vieira Alves
1. A TEORIA SOCIAL
2. O DEBATE COM RAWLS 
3. QUESTIONAMENTOS DO MODELO CONTRATUAL 
4. O MODELO DO DISCURSO 
CONCLUSÃO 
REFERÊNCIAS
 
A JUSTIÇA COMO EXPERIÊNCIA DO IMPOSSÍVEL: O CONCEITO DE JUSTIÇA NA ESTRATÉGIA DESCONSTRUCIONISTA DE DERRIDA
Geilza Fátima Cavalcanti Diniz
1. O ESTRUTURALISMO 
2. O DESCONSTRUTIVISMO 
3. O DIREITO PARA O DESCONSTRUTIVISMO 
4. DIREITO E JUSTIÇA 
5. A JUSTIÇA COMO APORIA 
CONCLUSÃO 
REFERÊNCIAS 
 
A IDEIA DE JUSTIÇA EM AMARTYA SEN
André Pires Gontijo
1. UMA ABORDAGEM DA JUSTIÇA 
2. AS EXIGÊNCIAS E OS MATERIAIS DA JUSTIÇA 
3. A JUSTIÇA E OS DIREITOS HUMANOS: OS IMPERATIVOS
GLOBAIS